Champô seco da Klorane

Ter o cabelo fino, liso, e que apenas precisa de ser lavado e seco com secador para ficar impecável é das melhores coisas que há. Mas também tem alguns contras. O cabelo fino tem sempre mais tendência para ser oleoso e ficar com um aspecto baço ao fim de apenas um dia (quando não de apenas algumas horas).

Por isso, quando ouvi falar dos champôs secos, fiquei logo com a pulga atrás da orelha e cheia de vontade de experimentar. Um dia, quando entrei na farmácia a que costumo ir ao pé do laboratório, vi lá os da Klorane, a única marca que conheço à venda em Portugal que comercializa um champô seco adequado a cabelos oleosos. Comprei, claro!

Tenho usado essencialmente em alturas de maior falta de tempo, ou quando ao fim de demasiado pouco tempo o cabelo já está com mau aspecto (horroroso, vá!). A verdade é que a aplicação é super fácil, basta agitar, aplicar o spray no couro cabeludo nas zonas em que o cabelo está mais oleoso e depois massajar até que o ‘pó’ do champô desapareça. A oleosidade é absorvida rápida e eficazmente e, a seguir, podem sentir novamente orgulho no vosso cabelo.

Por sistema, depois de aplicar o champô seco, o meu cabelo aguenta 1 ou 2 dias, o que torna os intervalos entre as lavagens muito mais longos. Não é fantástico? O meu está quase a acabar e vou já tratar de comprar nova embalagem. Estou fã! Porque se é verdade que podia viver sem champô seco? É, mas não era a mesma coisa.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  1. Tens de experimentar este Fátima 🙂 dá para mais que 4 utilizações :p e é muito eficaz! E já nem falo por mim que tenho o cabelo fino, mas não tanto como uma amiga minha que usa este e A-DO-RA! 😉 *

  2. Eu gosto muito do da Sephora. É um pouco mais pequeno, dá para umas quatro vezes, e ronda os €8,00 e uns trocos. Mas tem um cheirinho discreto, e é o que, qté agora, mais ostei. Mas ainda não experimentei o da Klorane, e ando cheia de vontade de o fazer…
    B'jinhos!

  3. Eu uso do No Drought na Lush. Gosto do cheirinho a limão e a coisas frescas. Não preciso assim muito dele, mas mesmo no dia seguinte à lavagem gosto de o pôr nas raízes porque me dá imenso volume quando o quero!
    Este da Klorane também me parece muito bom, aliás, eu gosto imenso de produtos para o cabelo desta marca, por isso acredito que seja.

    Também gosto imenso de champôs secos e ando desejosa de fazer uma review ao meu e publicar um DIY de champô seco natural também. 😀

  4. Já tive com este produto nas mãos por inúmeras vezes! Principalmente quando fiz o interrail pensei seriamente nele, mas tive algum receio e acabei por não levar… E até hoje nunca experimentei. :S Talvez esse dia esteja a chegar, porque tu… Bem tu, convenceste-me 🙂

  5. Olha que bela sugestão Clênia 🙂 não sabia que vendiam online com entregas tão rápidas em Portugal 🙂 é verdade que não é muito barato, mas estou rendida :p se calhar um dia destes dou oportunidade ao Batiste 🙂 *

  6. Foi o primeiro shampoo seco que usei também, adorei! Depois dele já experimentei outros e há sempre outras alternativas mais económicas, porque acho o preço deste frasco pequenino e meio caro. Eu que gosto também de shampoo seco, comprei um da marca Batiste, que é bem conhecida e é boa também, tem bom cheiro, não acumula e possui opções específicas para cabelos escuros, que não deixa aquele pó branco nas raízes. Vê na loja online Maquillalia.pt, pedes num dia e no outro recebes sem sair de casa.
    Um grande beijinho, Cat! Adorei a review!