Getting Hitched #3 - Os Convites

19.5.16


Para quem não sabe, há várias coisas que se decidem sobre um casamento muito antes dos convites serem entregues. Mas eu quis dar a volta às coisas e contar-vos esta história desde as primeiras decisões que foram tomadas. E uma das primeiras foi que seria a prima Sol a fazer os nossos convites de casamento. E porquê? Porque ela me conhece como ninguém e porque não há, no Mundo, sentido estético como o dela!

A prima Sol sabia exactamente o que eu queria! Com o casamento a acontecer na Quinta do Hespanhol, sabíamos que o convite tinha de ter flores, e eu criei um álbum de inspirações no Pinterest (ferramente do mais útil que há no planeamento de um casamento!) para a ajudar no processo criativo.

O momento da revelação foi tenso! Mas só porque somos umas maricosas as duas ahahahaha! A Sol estava cheia de medo que eu não gostasse e eu não fazia ideia do que ia sair dali (só sabia que seria, de certeza, maravilhoso!). A prova provada de que não havia nadinha com o que estar preocupada está já aqui em baixo, porque o que saiu das mãos dela foi isto:

convites casamento Catarina e Ricardo

Ela criou este padrão floral lindo que foi usado quer para os convites em si, quer no interior dos envelopes de papel craft - trabalho de paciência feito com a preciosa ajuda (e jeitinho!) da minha mãe que é a MELHOR! Digam lá que não é a coisa mais linda e delicada que já viram?

Eu confesso que deitei umas lagriminhas quando os vi, por todo o tempo e carinho que sei que ela dedicou a este trabalho, mas especialmente por saber que tamanha perfeição não seria possível se ela não me conhece tão bem. A verdade é que ela acertou tão em cheio que não se mudou mais nadinha a não ser um pouquinho de texto! Ficaram mesmo perfeitos! *suspiros*

convites casamento Catarina e Ricardo

Por isso já sabem, se estão para casar e precisam de quem vos faça os convites de casamento mais bonitos, ou se têm alguma amiga que não sabe bem a quem recorrer, deixem mensagem nos comentários para poder enviar-vos o contacto da minha prima mãos-de-fada! Perfeição é com ela, já sabem! :)


Fotografias: pela dupla do Momento Cativo (os melhores fotógrafos de sempre! Mas sobre isso falaremos noutro post).

Pessoal: Guess who's back!

16.5.16


Apercebi-me ontem que passaram dois meses desde o meu regresso do Japão e já aconteceu tanta coisa! Acabei de preparar um casamento, tive a melhor despedida de solteira de sempre, fui de lua-de-mel e fiz uma das viagens da minha vida com direito à concretização de um sonho de há muitos anos! 

Como é que foi possível tanta coisa boa em tão pouco tempo? Confesso que ainda estou meia abananada e com algumas (muitas!) dificuldades em meter de novo os pés bem assentes na terra, em voltar às rotinas com a concentração devida, etc... Daí o blog ter estado parado por demasiado tempo! 

Mas agora voltei! Voltei mesmo, cheia de motivação, de ideias, de coisas giras para partilhar convosco e com centenas de fotografias de sítios bonitos que quero mostrar-vos. Ahhh e também quero contar-vos todos o processo que foi organizar o nosso casamento! Não o fiz antes porque havia demasiados convidados que lêem o blog e não queria arruinar-lhes a surpresa ahahaha! Mas agora já posso contar tudo e, se tiverem alguma pergunta para me fazer força! Respondo a tudo (ou quase, vá)!

Estou mesmo ansiosa por voltar a pôr as mãos na massa e, por isso, na quarta já vamos ter post novo! Ansiosos?

Viagens: O Templo de Fushimi Inari

29.3.16

Templo de Fushimi Inari em Quioto no Japão

Aposto que já pensavam que eu tinha ficado perdida no Japão sem acesso à internet e que me tinha esquecido deste pequeno recanto blogosférico, mas não! Estive a fazer o 'luto' por ter de regressar do Japão, a organizar a minha partida e a resumir seis meses da minha vida a duas malas de viagem. E, depois de chegar, estive a fazer um 'resume' à minha vida pré-Japão, a lidar com o jet lag e a resolver n coisas que uma moça casadoira tem de resolver quando o casamento está já aí ao virar da esquina.

Mas pronto, regressada e (quase) adaptada que estou à minha vida normal, hoje trago-vos um novo post. Yuppiiiiiiii! E que melhor maneira de regressar ao Japão que com um dos seus templos mais icónicos?

Blog: Muitos parabéns, meu querido Daydreams!

29.2.16

quarto aniversário blog Daydreams

E chegou, finalmente, o dia do teu aniversário! Tu que já me deste tanto, apesar de exigires muita da minha atenção. Tu que já me ajudaste a melhorar tantas características menos positivas que tenho e que me fazes apaixonar-me um bocadinho mais por ti dia após dia. 

É cliché dizer isto, mas nunca pensei que chegaríamos aqui. Achei que me ia cansar de ti e que ia perder a capacidade de me dedicar a ti um bocadinho todos os dias. Achei que nunca irias ser tão importante na minha vida como vieste a ser e achei que este amor que sinto por ti, esta inspiração que me dás para todos os dias fazer mais e melhor, se iam perder algures pelo caminho e fazer com que mais um espaço blogosférico desaparecesse para apenas dar lugar às memórias de uma relação feliz.

Mas não! Tu mostras-me tanto de mim, quando escrevo as minhas palavras soltas e conto as minhas histórias que, se me perguntarem hoje, julgo ser quase impossível que algum dia acabe contigo. Esta relação que temos cresceu tanto e mantém-se tão saudável, que eu não podia pedir-te outra coisa que não fosse para estares aqui, comigo, por muitos e bons anos, até que deixe de ser assim, como é, tão bonita e ingénua, tão positiva e motivadora.

Muitos parabéns Daydreams! E muito obrigada, do fundo do coração, a todos os que visitam, anonimamente ou não! Esta odisseia não seria a mesma coisa sem vocês. Estes 4 anos de partilha e cumplicidade são tudo aquilo que eu considero que é ter um blog de sucesso, porque ter-vos desse lado, a acompanharem as minhas aventuras, é só das melhores coisas deste mundo! E, para terminar, que o Daydreams tenha uma longa vida, e que vocês estejam sempre desse lado a acompanhá-lo e a comemorar os muitos anos de existência que ainda virão! Obrigada!

Blog: O que quero para o Daydreams daqui a 4 anos

28.2.16

Desejos para o blog Daydreams daqui a 4 anos

Uma das coisas que volta e meia me dá para pensar é onde vejo este blog daqui a algum tempo. Neste caso, aproveitei o embalo do aniversário do Daydreams e resolvi pensar onde gostava de o ver, especificamente, daqui a 4 anos.

Não é, de todo, uma pergunta fácil, mas gosto deste exercício de pensar no que pretendo para este espaço, porque me ajuda a compreendê-lo melhor, a estruturá-lo melhor e a definir objectivos mais concretos.

Todas as imagens deste site são da minha autoria, excepto quando devidamente creditadas.

Design e codificação Ana Garcês.
Daydreams © 2012-2015. All rights reserved.

Creative Commons License

09 10