Decorar com Papel de Parede



Por acaso é um amor recente, porque durante muitos anos - e até há bem pouco tempo - achava o papel de parede pouco versátil, pouco prático e muito chato quando chegava a hora de mudar o visual de uma divisão na qual o tínhamos usado como parte da decoração. Apesar desta última parte continuar a ser verdade, também é um facto que o papel de parede consegue conferir personalidade a uma divisão, ao tornar-se o principal foco de atenção.

Pode ser liso, geométrico, floral, ter cores fortes ou suaves, ser usado na divisão inteira ou só numa zona específica, hoje em dia o papel de parede tornou-se um grande aliado quando chega a hora de decorarmos o nosso espaço. E desenganem-se os que acham que o papel de parede está confinado a ficar na sala ou nos quartos! Há opções igualmente maravilhosas para cozinhas e casas de banho. É só uma questão de gosto (e de confiança).


Até nos quartos das crianças o papel de parede pode ser uma boa opção, especialmente se for lavável e resistente às mãozinhas menos cuidadosas.



Gostaram das sugestões? Eu assumo-me como fã incondicional da última imagem que vos mostrei. Mal a vi fiquei cheia de vontade de decorar exactamente da mesma forma uma futura casa de banho da qual eu seja dona.

No que toca ao papel de parede acho que o mais importante é que se escolha com sensatez, de maneira a que não nos cansemos dele num (demasiado) curto espaço de tempo - porque custa a tirar, faz lixo, e a parede acaba por ficar um pouco maltratada e a exigir cuidados imediatos. 


(Imagens via: 1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - 7 - 8 - 9, 10, 11 - 12, 13 - 14)


Posts relacionados

6 comentários

  1. Desde que fui a Londres e fiquei em casa de uma família tipicamente inglesa, que adoro papel de parede. O conforto daquela casa era excelente :)

    ResponderEliminar
  2. Acho que se for em apenas uma divisao da casa e apenas e so numa parede fica bem mas em demasia tras me confusao e perde se o sentimento de cozy.
    das q mostraste adorei a 4, faz me lembrar o estilo japones

    ResponderEliminar
  3. Eu AMO papel de parede. AMO. Antigamente utilizava-se imenso, mas como não era bem colocado, ficava lá durante muito tempo, não era limpo e etc há imensa gente com más experiências com ele, os meus pais inclusivé. Mas já estão mais recetivos!

    Da próxima vez que mudar o meu quarto, esta será quase de certeza a opção :)

    ResponderEliminar
  4. Imagino! Agora usa-se imenso novamente, e acho uma excelente aposta para uma decoração diferente e única :) *

    ResponderEliminar
  5. Eu penso um bocado como tu: tudo o que é em demasia estraga. Até acho que o papel pode ficar bem numa divisão inteira, mas tem de ter um padrão bastante intemporal e pouco cansativo. Como nas casas inglesas e americanas eles usam muito lambris e o papel de parede apenas na parte de cima da parede, gosto muito de ver e a probabilidade de nos cansarmos de olhar para ele fica significativamente reduzida :) *

    ResponderEliminar
  6. Ai é? Então depois quero ver isso :) aposto que vai ficar lindíssimo! *

    ResponderEliminar