Como fazeres o teu blog crescer?

como-fazeres-blog-crescer-daydreams-blog

Imaginem um mundo em que, no panorama da blogosfera portuguesa, todos partilhávamos, todos os dias, conteúdos de outros bloggers que admiramos, ou posts que nos fizeram o dia, porque nos inspiraram de alguma maneira. Conseguem imaginar um mundo assim? Conseguem imaginar onde essas pequenas acções, levadas a cabo por centenas de milhares de pessoas, todos os dias, poderiam mudar este mundo blogosférico em que vivemos?

Muitas vezes queixamo-nos, enquanto bloggers, que não temos a visibilidade que gostaríamos, que não recebemos a quantidade de comentários que gostávamos, e que os nossos likes no Facebook, ou os nossos seguidores no Twitter ou no Instagram, não saem dos mesmos valores durante meses. Mas, o que podemos efectivamente fazer para mudar isso? Uns não sabem, outros não param para pensar no assunto porque acreditam que um dia surgirá o seu big break

Pois bem, eu estou aqui hoje para abrir a caixa de Pandora e vos fazer a revelação de uma vida (vá, não exageremos, mas que é boa é!):

1. Se queres ser seguido, segue; 
2. Se queres ser comentado, comenta; 
3. Se queres ser conhecido, basicamente, dá-te a conhecer. 

E com ser conhecido não me refiro a ser famoso, mas a ser notado e a não passar completamente despercebido, ou em pleno anonimato, aos olhos dos outros. Mas, como fazer isto? Estando mais activos na criação das nossas pequenas comunidades, interagindo com os nossos pares e divulgando (muitas) mais vezes o seu conteúdo (com respectivas referências, sempre!).

A verdade é que, quem é que não gosta de ler um blog e ver o seu próprio blog referenciado como leitura obrigatória da semana, ou como um dos blogs favoritos, ou como uma das contas de Instagram a não perder? Eu adoro! Ainda esta semana a Ana me escolheu para uma lista de Instagramers portugueses a seguir e eu fiquei completamente babada. Fez logo o meu dia! Melhor que isso! Ontem fiz o retweet de um webinar que ia ser dado por duas bloggers americanas que adoro e uma delas fez like e uma pessoa fica ‘Ena pá! Ela viu o meu tweet!!’.

Todos adoramos ver o nosso conteúdo reconhecido, especialmente quando passamos várias horas por semana a trabalhar no nosso blog. Mas, por muito bom que o nosso conteúdo seja, se nos fecharmos na nossa concha e ignorarmos que existe um mundo lá fora, cheio de outras pessoas iguais a nós e que podemos também ajudar, o trabalho que vamos ter até conseguirmos criar uma massa de leitores assídua vai ser muito maior e muito mais difícil.

Por isso, pensem bem naquilo que vos disse hoje e tirem uns minutos para percorrer o vosso Bloglovin’, ou qualquer outra plataforma que usem para seguirem os vossos blogs favoritos, e partilhem um deles no Facebook ou, se têm Twitter, partilhem dois ou três, no meio dos vossos outros tweets diários. Vai saber bem a quem for referido e, quem sabe, essa pessoa não faz retweet do vosso tweet para os seus próprios seguidores, expondo-vos à sua própria audiência. Ahh, mas não sejam interesseiros, sim? Partilhem conteúdo que gostem mesmo, de bloggers maiores e mais pequenos, senão as pessoas vão perceber que vocês só estão a tentar ‘subir a escada social’ pelo caminho mais curto. Sejam autênticos mas, essencialmente, sejam honestos convosco próprios e fiéis a quem vos segue que, esses sim, são quem importa.

Então, vamos lá a partilhar algo relevante hoje? Conto convosco para tornarmos a nossa blogosfera mais generosa e mais interligada, e para nos tornarmos mais uma comunidade em vez de andarmos todos cheios de medo que nos roubem os seguidores. Ninguém rouba nada a ninguém! Porque uma pessoas não lê apenas um blog e, por isso, há mais do que espaço para diferentes blogs, diferentes pessoas, diferentes formas de escrever. Partilhem muito! Eu já estou a programar alguns dos meus tweets, quem sabe vocês não aparecem por lá 🙂

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  1. Adorei o teu artigo Catarina =D

    Realmente é uma coisa muito importante, ajudarmo-nos uns aos outros e criar mais ligações entre bloggers, criando assim uma comunidade super fofa e cheia de pessoas fantásticas, eheheh =D

  2. Palmas palmas palmas! Concordo tanto contigo – quem lê um blog, também lê dois ou três, isto não tem que ser competitivo! E a melhor coisa que se tira daqui são as pessoas, sem dúvida – you know, girl :p

    Jiji

  3. Gosto da forma como aguças a nossa generosidade, Cat.

    Eu perco muito pouco tempo em redes sociais, por isso não tenho muito o hábito de fazer refs assim. Mas no Parmim tenho um cantinho de "Sweet blogs" onde estão alguns dos blogs pelos quais tenho mais carinho no momento.
    O motivo porque fiz isso é simples, quando eu própria dou de caras com um blog bonito e acolhedor, parto do princípio que teremos gostos semelhantes, e se nesse blog estiver uma lista de outros blogs amigos, vou ter curiosidade de os espreitar e quem sabe criar também empatia da boa 🙂
    Vale o que vale, mas não me custa nada fazer isto, e aliás, é mais uma forma de me conhecerem melhor, através do que mais gosto na blogosfera.

    Parmim

  4. Olá Catarina
    Só conheço este espaço há 3 dias e tenho vindo aqui aos bocadinhos para conseguir ler tudo desde o início. Ainda não cheguei lá, mas até agora estou a gostar mesmo.
    Além do aspecto clean que o te blog tem, as fotos são excelentes e o que escreves maravilhoso.
    E já aprendi algumas coisas que penso aplicar no meu blog.
    Sim porque apesar do meu blog ser virado para dar a conhecer o meu trabalho como artesã, cada vez mais acho que além das informações técnicas sobre o que publico, também tenho de ter algum cuidado com as fotos e com o que escrevo.
    Já subscrevi a tua newsletter e vou continuar a visitar-te.
    Quando tiveres um bocadinho e se estiveres interessada dá uma espreitadela: http://pitinhosdamarta.blogspot.pt/

    Beijinhos e boa semana
    Marta

  5. Ainda recentemente mencionaste a importância disto num post e concordei completamente. Sou um pouco baldas com as redes sociais, mas quando leio posts que adoro mesmo, seja por que razão for, partilho logo no Facebook. No entanto, muitas vezes sinto-me ridícula porque o meu alcance é quase nulo – ou seja, não estou a oferecer muito às pessoas que partilho, a não ser o meu reconhecimento (que vale o que vale). De qualquer das formas é como dizes, só temos a ganhar com uma blogosfera mais generosa e interligada 🙂

  6. Que bonito ^^, adorei a tua iniciativa com este post.
    Eu só gostava de ter mais tempo para passear pela blogosfera. Já dediquei tardes inteiras a conhecer novos blogs, a ler, a comentar…quando consigo, gosto de fazer isso. Mas o que acontece com mais frequência, sinceramente, é tratar de uma ou várias publicações, partilhar o post em questão no Facebook e nos vários grupos de bloggers e pronto. Quando dou por mim, já passaram 2 ou 3 horas e não sobra tempo para mais nada. Tento sempre espreitar algumas das últimas publicações dos blogs que sigo, interagir com o pessoal e tal…mas acabo por me perder pelo caminho, digamos assim.
    Gosto da ideia de fazer publicações dedicadas a divulgar o trabalho alheio 😛 como a da Ana com o Instagram, por exemplo. A ver se faço algo do género 🙂

    http://amarinar.blogspot.pt/2016/01/filetes-de-pescada-em-cebolada.html

  7. Dicas simples e essenciais. Eu sigo muito essas três máximas, preocupando-me sempre em divulgar o meu blog em blogs que se integram no meu "nicho" e dos quais gosto. Bons seguidores também é muito importante! 😉
    Preocupo-me também muito nos últimos tempos com o SEO, ligado à programação do blog. Os resultados no google também é muito importante, sobretudo quando o nosso blog se encaixa em um – ou vários – nichos.

    Krystel | Algo Estranho Acontece

  8. Olá Diana! Ahahaha ainda bem que consegui aguçar a generosidade de alguém 🙂 Sim Diana, os blogrolls já são óptimas formas de fazer partilhas, mas a verdade é que há muito gente ou que não os faz, ou que não está tão alerta para a sua existência… daí que talvez acabem por não ter o 'retorno' esperado. De qualquer das formas, é um passo muito importante, e que demonstra muito carinho da tua parte pelos outros bloggers que andam por aí 🙂 *

  9. Mesmo Joana! As pessoas às vezes andam aí à bulha por causa de seguidores quando se fizessem coisas destas era uma win-win situation. Eu já tirei umas pessoas espectaculares e, entre elas, estás tu! 🙂 *

  10. Obrigada 🙂 Sim, há sempre esses casos! Não sei exactamente qual é o background desse blog (na verdade nem o conhecia até o teres referido :p), mas há n razões para isso – ser um mommy blog ajuda, e podem ter trabalhado bem as redes sociais e o SEO. De qualquer das formas, esse blog tem quase 4 anos, talvez a fama não tenha sido assim tão 'instantânea' :p *

  11. Marta, já sabes que adoro o teu trabalho! O que fazes é lindo e conto fazer-te uma encomenda em breve 🙂 Além disso, acho que melhorares a parte do blog em si só te vai ajudar a vender mais! E é isso que eu quero! Que bom que estás a gostar do Daydreams! Espero que continues sempre desse lado 🙂 um beijinho*

  12. Olá Ana! Não importa se o teu alcance é nulo ou não! Hoje é nulo, amanhã deixa de ser 🙂 acho que é mesmo isso, trabalharmos para uma blogosfera mais generosa, em que haja mais cooperação e entre-ajuda e, claro, muita partilha! Beijinhos*

  13. Olá Cátia! Sim, eu sei (aliás acho que sabemos todos :p) que só o nosso blog já nos ocupa imenso tempo, quanto mais andarmos aí a comentar e assim. Um truque que resulta comigo é marcar esses posts como não lidos no Bloglovin, para me lembrar que quero voltar a entrar nessa publicação e deixar um comentário 🙂 As publicações com links para outros são uma excelente forma de partilha também e um óptimo ponto de partida 🙂 *

  14. É verdade Krystel! Ter um blog é muito mais que escrever coisas bonitas e tirar fotografias de sonho. Há muito trabalho por detrás, mas por vezes torna-se dificil atacar em todas as frentes… Mas comentar e partilhar são duas coisas relativamente simples, já que todos seguimos blogs e vemos as suas publicações em apps estilo Bloglovin' 🙂 *

  15. Ohh Ana, tu és um exemplo nisto das partilhas! Aliás, eu para te ser sincera, acho que vou voltar com o Yes, Weekend 🙂 Gostava tanto dela e acho uma pena estar na NL (para a qual tenho também outras ideias :p) Beijinhos*

  16. Catarina, sai, sai muito da concha! Nem imaginas as coisas boas que te podem acontecer! (e não, isto não é conversa motivacional sem fundamento) :p se quiseres, subscreve a newsletter que acho que vou contar-vos uma história gira neste sábado 🙂 *

  17. Obrigada Andreia! Ando a ver se espevito as pessoas a sairem mais da sua concha e a interagirem mais! Um sítio bom para começar é o Bloggers Camp (www.bloggerscamp.pt). Passa por lá, subscreve a NL e junta-te ao nosso grupo 🙂 *

  18. Obrigada Catarina pela ajuda e dicas e pelos elogios ao meu trabalho.
    Apesar de ter horários difíceis e mil e uma tarefas (emprego de dia, casa, dois filhos de 19 e 12 anos e os Pitinhos), estou a fazer os possíveis para conseguir por o blogue em ordem. O ultimo post já foi mais cuidado quer em termos de texto como em termos de fotografia.
    E vou continuar por aqui sim 🙂
    Fico a aguardar a tua encomenda (fico feliz por pensares nisso).
    Beijinhos e boa semana
    Marta

  19. são dicas ricas para quem quer crescer! tenho o meu blog há uns aninhos que levou com muita mudança mas gosto do caminho que está a percorrer atualmente. obrigada pelas excelentes ideias. tenho visto o teu blog e gosto muito o que publicas. as fotografias, a tua experiência no Japão, as viagens! 🙂

  20. Liz, a verdade é que estas dicas até podiam ser básicas (e são!), mas há tantas pessoas que não as põem em prática… Ohh obrigada pelos elogios 🙂 vêm aí muitos mais posts sobre o Japão, por isso fica desse lado 🙂 *

  21. Tenho de aprender a por em prática estas "regras". Devo ser a única blogger à face da terra que não segue outros blogs – oquê? É verdade, não sigo. Não leio. Não consigo manter outros blogs de baixo de olho, mesmo que me interessem.
    Mas é importante, principalmente para quem, como eu, se queixa de nunca ter comentários… Será que depois deste texto fiquei convencida?

  22. Sofia, não sei se usas, mas o bloglovin' é óptimo porque dá para teres as actualizações de todos os blogs que segues no mesmo sítio. Além disso eles têm app para iOS e Android o que facilita imenso a nossa vida 'on the go' 🙂 Porque comentar é mesmo muito importante! Porque dás-te a conhecer e as pessoas ficam mais 'alertadas' para a tua presença online! E espero que, se não depois do texto, depois deste comentário fiques convencida! 😀 Beijinhos*

  23. Bom, simples não é, porque dá trabalho, mas há coisas bem mais complicadas – como dominar SEO e coisas do género – e que às vezes nem sequer têm o mesmo retorno 🙂 *