24h em Roma - o que ver e fazer!


Já vos aconteceu estarem a comprar os bilhetes para a viagem que querem fazer e a opção mais barata passar por ficar 24h numa cidade e vocês pensam 'Epá, um dia não vai chegar para nada'?

Pois, a mim e ao mais-que-tudo aconteceu uma coisa mais ou menos parecida quando quisémos ir a NYC. As viagens mais baratas que conseguíamos eram a partir de Roma, então, aproveitámos para ficar 24h numa cidade que tanto adoramos (menos de 24h, na verdade...) e revisitámos tantos dos locais que nos fizeram felizes nesta magnífica cidade italiana quando a visitámos pela primeira vez em 2012.

Para começar, reservámos quarto num hotel perto da estação Termini, apenas por uma questão de comodidade para nós, que íamos viajar bem cedo no dia seguinte. Além disso, a estação Termini não fica assim tão longe de algumas das principais atracções de Roma e, por isso, é um excelente ponto de partida para este passeio.



Mal começamos a andar na direcção do centro da cidade, damos logo de caras com o Monumento Nazionale a Vittorio Emanuele II, aquele gigante de um branco imaculado que nos começa logo a arrancar ohs e ahs, de tal forma é imponente. No meio da Piazza Venezia é onde lhe conseguimos tirar as melhores fotografias! Mas cuidado a atravessar a estrada - ou então nem tanto cuidado assim, que o truque é meter o pé na passadeira e logo se começam a ver os carros a parar. 


Se começarem a encaminhar-se para as traseiras do monumento, e andarem mais um bocadinho, vão encontrar aquele que é o monumento com paragem mais obrigatória de toda a cidade de Roma (bom, pelo menos para mim). Sinto um fascínio imenso por toda a história que envolve o Coliseu de Roma, embora não me livre de sentir uns arrepios de cada vez que penso nas atrocidades que ali foram cometidas. E, se estão com o tempo contado e só querem ver aprofundadamente dois ou três sítios, este é daqueles que vale a pena visitar. Comprem o bilhete com antecedência e usufruam ao máximo! 

Mesmo ao lado do Coliseu podem encontrar o Arco de Constantino que merece sempre a pena ser fotografado.


Caminhando de novo na diracção do Monumento Nazionale a Vittorio Emanuele II, do vosso lado esquerdo encontram o Fórum Romano, cheio de ruínas de templos antigos e com tanta da história da civilização ocidental que vai fazer-vos parar um bocadinho e absorver aquilo que sobrou do poderoso Império Romano.




Depois do Fórum Romano, o Capitólio. Aqui podem encontrar um conjunto de museus (sobre os quais não vos posso aconselhar porque nunca visitei), sendo que é num deles que se encontra a estátua original da loba que criou Rómulo e Remo, fundadores de Roma. Se não tiverem tempo para os visitar, encontram uma réplica desta mesma estátua na praça do Capitólio, em cima de uma coluna, lá bem no alto (fica a dica que não quero que deixem de ver esta pequena maravilha por acharem que se encontra ao nível dos vossos olhos e acabem por nunca mais a encontrar).



Durante o vosso passeio, permitam-se passear descontraidamente por Roma. Roma é uma das minhas cidades favoritas (embora ainda tenha muitas - demasiadas - para visitar, só na Europa). Mas a cores, a arte e a vida de Roma tocam-me cá dentro. É daqueles sítios onde me consigo imaginar a morar - mesmo não gostando particularmente de italianos... Além disso com tanto gelato, pizza e pasta é fácil ser-se feliz aqui!


Seguindo pelas ruas estreitas e sinuosas de Roma, vão encontrar a Piazza della Rotonda e, bem ao centro dela, o Panteão. E que lindo que ele é! Aproveitem para o apreciar em todo o seu esplendor enquanto degustam um copo de vinho fresco (sim, que se forem no verão, como eu, Roma é quente, muito quente!). Depois dêem uma voltinha lá por dentro e vejam os túmulos de Vittorio Emanuele II e, mais importante, do pintor renascentista Rafael.




Seguindo o nosso percurso, vamos dar a uma das praças mais bonitas de Roma, a Piazza Navona. Uma praça cheia de vida, repleta de artistas de rua, que pintam pormenores da cidade ou prometem fazer a tua melhor caricatura, e que é a casa das maravilhosas Fontana dei Quattro Fiumi, Fontana del Moro e Fontana del Nettuno (a que se encontra na foto acima). Agora é hora de comerem o tal gelato (sim, mesmo que tenham acabado de beber um copo de vinho na Piazza della Rotonda).



Atravessem, então, o rio Tibre (ou Tevere) pela ponte que fica em frente ao Castel Sant'Angelo (a ponte Sant'Angelo). Para mim, esta é a ponte mais magnífica de toda a cidade, encontrando-se ladeada de estátuas lindas e imponentes.  Aliás, Roma é um verdadeiro museu ao ar livre, por isso há que aproveitar todas as obras de arte que nos deixam ver gratuitamente por aqui e passearmo-nos devagarinho, com tempo, para absorver ao máximo tanta cultura.


O Castel Sant'Angelo vale a pena a visita, mais que não seja, porque se tiram fotografias maravilhosas da Piazza San Pietro. Além disso, a visita é rápida, por isso acabam por não perder muito tempo e ficam também com uma vista panorâmica bem bonita sobre toda a cidade.


Do Castel Sant'Angelo chegamos à Cidade do Vaticano. Só eu sei a felicidade que senti quando visitei o Vaticano. O Renacimento é o meu movimento cultural e artístico preferido e poder ver em primeira mão todas aquelas obras de arte pelos meus artistas favoritos deixou-me sem fala e num estado de excitação aguda que nem é bom! Aqui têm mesmo de parar para a visita. Perde-se algum tempo, é um facto, mas a Capela Sistina é das coisas mais perfeitas que alguma vez tive a oportunidade de ver. Até lá chegarem, aproveitem a 'viagem' por todas aquelas salas e corredores riquíssimos. Caso queiram queimar etapas, o que, sinceramente, vos aconselho, comprem os bilhetes online com antecedência que assim não têm de ficar tanto tempo à espera nas filas.



Já de regresso à zona da estação Termini, vão encontrar a Fontana di Trevi (que, maldita seja, estava sempre em obras de cada vez que a quis visitar). Ainda assim, não há forma de lhe tirar a beleza porque esta fonte é linda! Aqui preparem-se para os milhares de turistas a quererem acumular-se para tirar uma fotografia, mas não deixem de pedir o vosso desejo e de atirar a moeda de costas voltadas para a fonte, mesmo que para isso tenham de dar umas cotoveladas a alguém. A woman's gotta do what a woman's gotta do!

Espero que tenham gostado deste 'guia para 24h' de Roma para poderem usufruir ao máximo de uma visita curtinha que façam a esta cidade. E por aí, mais sugestões? Se sim, deixem tudo nos comentários para eu apontar como sítios a não perder numa próxima visita!


Posts relacionados

11 comentários

  1. Roma foi também, até aos dias de hoje, uma das minhas cidades preferidas. Visitei-a no segundo ano de faculdade, com colegas de turma, o que deu à viagem um gostinho especial. Afinal, estávamos todos num curso de artes e essa vertente unia-nos mais do que nunca.

    Estivemos 5 dias na cidade e foi bom demais. Ainda hoje guardo no coração o choque (bom!) que foi sair do metro e dar de caras com o Coliseu. Confesso que me caiu uma lágrima (juro!) de tão mágico que foi.

    Agora quero voltar, com ele, com calma para rever tudo e conhecer coisas novas!
    Este teu post trouxe-me o bichinho de Roma outra vez, e só te posso agradecer :) 24h parece-me uma utopia [...] mas aqui está a prova de que é possível e, vai na volta, quando a for a NY, me aconteça o mesmo!?

    Um beijinho enorme, já com muitas saudades, directamente aí para o Japão!

    Sara Cabido | Little Tiny Pieces of Me

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compreendo perfeitamente essas emoções à flor da pele :) aconteceu-me com o Coliseu, com a Torre Eiffel e acontece-me normalmente quando ando a sonhar com determinado destino durante anos :) Roma é umas das minhas cidades favoritas e acho que, por mais que conheça, vai sempre continuar a ser :)

      Fico à espera que tenhas oportunidade de lá regressar que eu nunca me canso de ver os teus registos fotográficos!

      Um grande beijinho directamente do Japão :) *

      Eliminar
  2. Que fotos lindas! Para 24h tiveste uma visita bem recheada! Por acaso Roma é daquelas cidades que, não sei porquê, nunca me puxou muito...mas acho que estou a mudar de ideias! :p

    Jiji

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Joanaaaaaa, como nunca te puxou muito?! :p Roma é uma cidade magnífica! Aliás, toda a Itália está recheada de cidades maravilhosas e eu só queria ter tempo e dinheiro para não sair de lá até as conhecer de uma ponta à outra :)

      É possível ver tudo isto sim, desde que não fiques 1h no coliseu e 3h no Vaticano (as horas normais que demorarias se tivesses mais tempo). De resto, a maioria das coisas são relativamente perto :) mas, obviamente, ficas ainda com muito por ver...

      Beijinhos*

      Eliminar
  3. Ai que lindo. Fiquei tentada a ir a Roma (ainda mais)! ♥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem de ir Miss Garcês! Aposto que vais amar :) *

      Eliminar
  4. Com tanto monumento espectacular e eu fico fascinada é com as fotos das casinhas xD
    Nunca saí deste nosso Portugal, confesso. Roma seria uma bela estreia, sem dúvida :)

    http://amarinar.blogspot.pt/2015/10/a-minha-primeira-vez-ebay-parte-ii.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohh Cátia acontece-me sempre o mesmo :p achei imensa graça ao teu comentário precisamente por isso! Mas em Roma tudo é lindo, por isso tens de ir!! Há quem não goste, vá, mas eu, eu sou fã assumida! :) *

      Eliminar
  5. Nunca tinha visto as tuas fotos de Roma, Cat, que bonitas! :D

    Um dia hei-de lá ir também! ;)
    Mas sim, já fiquei (mais ou menos) 24 horas numa cidade e tive que a ver à pressa, mas em alguns casos é bem possível, tal como demonstraste! Até gosto deste tipo de visitas porque são intensas e não te dão tempo para andares a pastelar e a, bem... perder tempo! :)

    Joan of July

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Cat :)

      Quando fores a Roma não vás só 24h! Se fosse a minha primeira vez lá tinha ido pelo menos três dias/duas noites, o suficiente para veres a cidade razoavelmente bem e com calma :) mas concordo contigo, visitas assim obrigam-nos a não pastelar e a vermos mais coisas do que aquelas que veríamos caso o tempo abundasse :) *

      Eliminar
  6. Meu Deus quero tanto ir a Roma - amei todas as descrições.

    Mas olha lá - E O JAPÃO? Queremos é mais do Japão!!!

    ResponderEliminar