Experiências com o Casting Crème Gloss da L'Óreal


Com o avançar da idade, o problema dos cabelos brancos começa a aparecer em força. E os tipos são sacaninhas, e rebeldes, e muitas vezes andam ali mesmo a fazer pouco de nós, nos sítios mais chatos, ou seja, aqueles que se vêem mais.

Como não queria arriscar, ainda, numa coloração definitiva porque nunca (sim eu sei, é quase um escândalo!) tinha pintado o cabelo em toda a minha vida e morria de pavor de não gostar do resultado final, optei pelo Casting Crème Gloss da L'Óreal, uma tinta sem amoníaco e que promete cabelos com reflexos brilhantes e visíveis a durar até 28 lavagens. A cor que escolhi foi a nº600 (ou Louro Escuro) e este foi o resultado:

Antes e depois - L'Óreal Casting Creme Gloss

Na fotografia da esquerda podem encontrar o antes (ignorem o cabelo não penteado, mas esqueci-me). Nem eu tinha bem noção de que quase parecia que tinha californianas (mas discretas), resultado de muita piscina e efeito do cloro e sol no meu cabelo. Na fotografia da direita podem ver o resultado da coloração com o Casting Crème Gloss. O cabelo ficou com um tom mais uniforme, que era o que eu pretendia, mas com um aspecto muito natural e extremamente saudável! Só não achei a cobertura dos brancos perfeita, mas pode ter-se devido à minha clara falta de experiência. 

No final adorei o resultado! E apesar da gama de cores ainda ser algo restrita, acho que acertei no tom e vou certamente voltar a apostar nestas colorações temporárias.  

Posts relacionados

7 comentários

  1. Já usei e gostei muito. Mas como a minha prioridade é cobrir os brancos, optei pela coloração definitiva, porque o tom sobre tom não cobre cabelos brancos a 100%. Mas sim, uma vez que é a tua primeira vez nisto das colorações, começaste muito bem. O resultado está ótimo!

    ResponderEliminar
  2. Ficou mesmo bonito*
    Gostei <3

    Beijinho grande,
    Vanessa Ribeiro
    http://nessabyvanessaribeiro.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Que corajosa!!! Já várias vezes pensei nisso mas sempre tive medo de que não resultasse bem em casa. Moral da história, faço nuances muito leves quase do mesmo tom do cabelo, mas muitos dos brancos escapam-se. Mas ficou muito bem, gosto de ver! (Pergunta indiscreta: essa é daquelas que larga cor nas lavagens? Tenho pavor a isso!)

    ResponderEliminar
  4. Há pouco mais de um mês também pintei pela primeira vez o meu cabelo porque também já tenho alguns cabelos brancos. Comprei também uma tinta com uma cor muito próxima da minha cor natural, só para ficar com uns reflexos e para tapar o único cabelo branco à vista. Gostei muito do resultado, mas também verifiquei um senão: esse cabelinho branco continua à vista, não tão branco, mas visivelmente mais claro que o resto do cabelo bem escuro. Ainda não percebi se o problema é da tinta ou se eu devia de ter posto mais tinta naquela zona.
    De qualquer das formas, gostei do resultado final. Em mim e em ti :)

    ResponderEliminar
  5. Ficou ótimo... Eu como tenho algumas brancas já à algum tempo faço a definitiva no cabeleireiro, mas estou a ponderar fazer em casa, fica muito mais económico...

    ResponderEliminar
  6. Pois Catarina, tivémos exactamente o mesmo problema. Da próxima vez que pintar vou pôr mais quantidade de tinta na zona em que os brancos abundam, porque até acho que os da parte de cima da cabeça ficaram bem tapados :) *

    ResponderEliminar
  7. Ana, é como disse, a cobertura dos brancos em mim não foi perfeita (não sei se 'defeito' da tinta, se falta de jeito minha), mas a verdade é que tudo o resto funcionou muito bem :) Na primeira lavagem sai o excesso da tinta que ainda ficou agarrado ao cabelo, mas depois disso a tinta vai desvanecendo sem deixar rasto, por isso, nesse ponto de vista é totalmente seguro ;) *

    ResponderEliminar