Quando a nossa visão muda


A propósito deste post sobre a mudança de visão de alguns autores para o seu blog, e de uma conversa que estava a ter ontem com outras bloggers, resolvi escrever este post.

Quando comecei a escrever este blog, em Fevereiro de 2012, anda nos tempos remotos em que se chamava Everything About K (vindo o K de Kika, a minha alcunha desde pequena), fazia-o como se estivesse a escrever um diário. Porque achava que era isso que queria para mim, porque sentia que podia, de alguma forma, mostrar que as experiências, planos, frustrações e sonhos de quem está deste lado do ecrã são, basicamente, as mesmas de toda a gente. E esperava, quem sabe, inspirar algumas pessoas.

Mas a verdade é que isso não me satisfez totalmente, e esse facto fazia com que eu pensasse muitas vezes em 'quem' é que eu queria ser neste mundo da blogosfera, qual seria o nicho que iria abraçar, o que me deixava realmente em pulgas para vir aqui e partilhar.

Posto isto, pensei muitas vezes que, na verdade, queria ser um blog cheio de cor. Cheio de projectos que deixassem outras pessoas com vontade de repetir, de receitas saborosas e simples que até a pessoa mais naba na cozinha (tipo alguém como eu!) conseguisse seguir e alcançar um relativo sucesso, ou de ideias para encher a nossa casa de personalidade. Cheio de imagens de locais maravilhosos a visitar por esta Lisboa fora, por este país fora, ou mesmo por este Mundo fora. Talvez por ter uma visão mais específica daquilo que queria para este cantinho, em Junho de 2013 mudei-lhe o nome. Daydreams. Porque queria que este fosse um espaço que permitisse sair da rotina e sonhar, pelo menos um bocadinho.

Mas não foi senão em Janeiro de 2013, altura em que o blog estava quase a fazer dois anos, que resolvi pôr finalmente à vista de todos a minha 'nova' visão. O momento de mudança na minha cabeça aconteceu durante o ABC - A Blogger's Conference. Aquele brainstorming com pessoas ligadas ao mundo dos blogs já há tantos mais anos do que eu fez-me perceber que queria que as coisas andassem para a frente o quanto antes. Claro que tive de me organizar para encontrar tempo onde, às vezes, havia muito pouco mas, neste momento, estou muito mais próxima daquilo que pretendo, para mim e para vocês. Mas ainda quero poder ter mais DIY, mais receitas, mostrar-vos mais o que uso em termos de beleza e moda, e poder chegar ao dia em que todas as fotografias que aparecerem por aqui terão sido tiradas por mim (neste momento devem ser para aí 90%, mas ambiciono chegar aos 100%).

Isto para dizer que, se chegaram a um momento em que sentem que precisam de mudar porque acham que há um caminho que vos faz muito mais sentido, não há problema nenhum em fazê-lo. É até importante que o façam pois quando se fazem as coisas com gosto e quando aquilo que partilhamos tem tanto de nós, tudo se torna melhor. E mais fácil. E até o tempo 'perdido' deixa de parecer tanto. Porque isto de ser blogger é quase um emprego a tempo inteiro, mesmo para quem não ganha, como eu, nada com isso. Eu demorei dois anos a fazê-lo, mas sinto-me agora melhor que nunca!

E por aí, há alguém que já tenha passado, ou esteja a passar, pelo mesmo? 


Posts relacionados

12 comentários

  1. óh, gostei muito deste post! :)
    quando comecei a escrever o Make me Happy sabia bem o que queria, alias eu sei bem o que quero para o meu cantinho que tanto gosto! no entanto, arrependo-me vivamente de não o ter projectado com mais tempo e com pés e cabeça.. comecei para mim num momento muito especial mas decidi tipo uma noite antes que o ia fazer! não me arrenpendo de nenhum post que tenha feito... afinal é a história do Make me Happy e não quero nunca apaga-la... Mas como te disse, muito em breve, pretendo tirar um bom tempo para organizar aquele espaço como sempre sonhei!

    um beijinho,

    P.S. Também estive no ABC acreditas? Ahah Não acredito que não conversamos :)

    ResponderEliminar
  2. É isso mesmo! Não há nada de mal em mudar o rumo da nossa vida, dos nossos projectos, sempre que nos apetecer. Gostar e desgostar são sentimentos vulgares ao ser humano e, como se costuma dizer, "quem está mal que se mude" :) Não há que ter medo da mudança, pode ser para pior ou para melhor, mas se não arriscarmos vamos ficar sempre a perguntar-nos: "E se..."

    ResponderEliminar
  3. Acho muito bem! Nós mudamos, os blogs mudam connosco. Curiosamente, também tenho andado a pensar em incorporar um tema um bocado fora do costume no meu blog, mas pelo qual me tenho interessado ultimamente... Há sempre algum receio sobre o que os nossos leitores vão pensar de um tema off topic, mas se formos leais a nós mesmas, corre bem de certeza!

    ResponderEliminar
  4. Eu gosto tanto do meu blogue. Antes tinha outro que tinha um registo um bocado diferente, tal como era o teu, era um registo mais diário, não pensava muito antes de escrever...senti a tal necessidade de mudança e mudei mesmo de blogue, este continua a ter muito de mim, dos meus dias, mas com um estilo um bocado mais cuidado. Há alturas em que penso que é uma perda de tempo, afasto-me, mas acabo sempre por voltar..gostava de ter muito mais tempo para o blogue, mas a verdade é que não consigo mesmo. :) *

    ResponderEliminar
  5. Entendo-te tanto. Já vou com 6 anos de blog e sinto sempre que tenho que mudar algo, ou porque não consigo cumprir tudo aquilo que me propus, ou então, porque quero sempre mais. Sei exatamente o rumo que quero seguir e tudo o que pretendo fazer, bem como tudo o que quero passar com o blog, porém não é fácil não conseguir por em prática tudo e viver momentos de frustração por causa disso. Enfim...amor, espero que todos os teus desejos se realizem e que acima de tudo sejas feliz, porque assim todos ficaremos felizes por ti!
    Beijos lindona!!

    ResponderEliminar
  6. as mudanças são sempre bem vindas, desde que feitas com peso, conta e medida. Se nós crescemos, porque é que o blog não há-de crescer conosco? Não me aflige escrever sobre temas novos, desde que o que escreva seja 100% sincero e não porque a-fulaninha-também-escreve-sobre-isto. sermos sinceras e 100% fiéis ao "nosso" coração, é meio caminho andado para a coisa ser bem sucedida!! beijinhos!! (e obrigada pela ideia!!)

    ResponderEliminar
  7. Ohh a sério que estiveste no ABC e eu sem saber?! Incrível! Este ano se houver vamos outra vez? :)

    Gostava de dizer que comecei o meu cantinho com uma visão a sério, mas não seria verdade. A verdade é que a visão tem evoluído com o meu gosto por este blog, e com os conhecimentos que vou adquirindo, devagar, devagarinho (porque o tempo não abunda), acerca deste mundo online :)

    Mas tu podes continuar o bom trabalho que tens feito no teu blog porque acho mesmo que vais no bom caminho :) *

    ResponderEliminar
  8. Concordo plenamente Margarida :) acho sempre preferível mudar a não nos sentirmos bem com o que fazemos. Neste caso a mudança é ainda mais fácil do que na maioria dos aspectos da nossa vida, por isso, porque não? *

    ResponderEliminar
  9. Eu compreendo esse receio de não ir de encontro àquilo que os nossos leitores já esperam de nós, mas tenho para mim que 'you win some, you lose some'. Por isso, é mais importante sermos fiéis as nós mesmos do que totalmente agarrados ao que os outros possam pensar ou esperar de nós :) *

    ResponderEliminar
  10. Eu compreendo o teu problema da falta de tempo. Há alturas em que ponho o blog um pouco de lado (com muito menos posts semanais do que aqueles que queria) porque sinto que não tendo tempo para tudo, o tempo que passo no blog é o primeiro a ter de acabar. Mas, tal como tu, adoro este cantinho e não me imagino a viver sem ele :) *

    ResponderEliminar
  11. Pois, a frustração... custa imenso quando não conseguimos pôr em prática os objectivos que, mesmo que apenas mentalmente, definimos para o nosso blog. Mas acho que com organização, força de vontade, capacidade de perceber que não conseguimos fazer tudo, a toda a hora, conseguiremos ser sempre bem sucedidas :) *

    ResponderEliminar
  12. É isso mesmo, as mudanças têm de ser por nós, e não pela 'comparação' ou pelo se-ela-escreve-sobre-isto-e-tem-tantos-seguidores-vou-escrever-também. Acho que é meio caminho andado para que tudo corra bem :) *

    ResponderEliminar