Mezzanine



Mezzanine. Essa bela palavra que deriva do italiano mezzano e que prova que no meio é que está a virtude. A melhor amiga dos pés direitos altos a perder de vista, para cima de três metros e que nem seriam tão acolhedores (apesar de serem sempre fantásticos!) se não lhes puséssemos um 'andar' intermédio.

Juntamente com os window seats, as mezzanines são a minha paixão na decoração/arquitectura. Servem para criar mais espaço em divisões pequenas, para tornar mais acolhedora uma divisão enorme mas cujo tecto está um bocadinho alto demais (isso existe sequer?) ou para, simplesmente, servir como complemento de decoração, criando mais um ponto de interesse visual.

Funciona nas mais diversas divisões. Desde os pequenos apartamentos, às garagens que funcionem como estúdio ou que possam ser aproveitadas para algo mais do que simplesmente arrumar um carro.


E este apartamento cuja mezzanine foi essencial para aproveitar da melhor maneira o pouco espaço disponível, não está uma delícia? 

 
Consigo imaginar-me a passar horas a fio 'perdida' na minha própria biblioteca, a ler histórias e a sentir o corpo amolecer ao mesmo tempo que aquece com o sol que entra pela janela. 


E num quarto de criança uma mezzanine é certamente uma boa solução (para os pais que consigam ficar descansados sabendo que os seus filhos dormem lá nas alturas) para maximizar o espaço que existe para a brincadeira. Quando sonho em ter uma daquelas casas antigas com os tectos decorados e muito altos, mezzanine é uma ideia que surge quase de imediato também no meu pensamento. Só o facto de elas existirem já funciona como elemento decorativo, não acham?

E vocês, adoram ou nem por isso?


(Imagens via: 1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - 7 - 8 - 9 - 10 - 11)


Posts relacionados

8 comentários

  1. Também adoro mezzanines!!!

    ResponderEliminar
  2. adoro, tornam o espaço muito muito bonito e ainda por cima dá para aproveitar cada cantinho,:p

    https://www.facebook.com/daniela.o.soares/posts/651584821572284?stream_ref=10

    ResponderEliminar
  3. Eu adoro, adoro, adoro! Então aquelas estilo biblioteca e cheias de livrinhos enchem-me as medidas!

    ResponderEliminar
  4. Inventa-se cada coisa tão bonitinha, não é? *

    ResponderEliminar
  5. É, conseguem criar-se focos de interessa improváveis, mas muito bonitos :) *

    ResponderEliminar
  6. Também são as minhas preferidas :) desde os tempos d' A Bela e o Monstro que amava ter uma biblioteca só minha :) *

    ResponderEliminar
  7. Olá :)

    Eu neste momento estou numa casa alugada deste género. Estou lá eu, o meu namorado e as nossas 2 cadelas. Ao fim de 1 ano e meio de estadia, vamos mudar de casa porque não é nada confortável ter uma casa destas:
    - como é toda aberta, a sujidade está em todas as divisões
    - eu quero dormir mas o meu namorado quer ver TV, ou seja, tenho de ouvir o som da TV
    - quem nos visita fica a dormir no sofá cá em baixo e nós vemos tudo...

    É muito bonito mas nada prático :(

    ResponderEliminar
  8. Como eu compreendo tudo aquilo que dizes! Por isso é que, apesar de achar lindíssimo não sei se queria para mim uma casa que fosse toda assim. Mas ADORO de paixão aquelas salas enormes que em cima têm uma mezzanine que funciona como escritório e biblioteca. E esse sonho ninguém mo tira :p *

    ResponderEliminar