Como evitar pêlos encravados


Um primeiro alerta: nem tudo na vida duma mulher é glamouroso. Posto isto, vamos falar de pêlos encravados. Para mim são uma das maiores dores de cabeça da depilação. Uma pessoa põe-se toda bonita e sensual, sem um pelinho nas pernas, mas quando eles começam a querer crescer novamente, aí sim, começam os problemas. Pois é, os pêlos encravam e por isso é impossível tê-los todos a crescer ao mesmo tempo. A partir desta altura andamos de semana a semana a ter de tirar aqueles pêlos irritantes que ainda há dias estavam curtos e agora já estão ali a dizer 'olá' a quem passe por eles. E se há coisa que me faz muuuuuuuuuuuita comichão são pêlos. E vê-los ali a gozarem com a minha cara como quem diz 'Já cá estamos outra vez!' deixa-me um bocadinho irritada, pois deixa!

Como sou uma pessoa que gosta de tomar providências, e que gosta de arrancar os males pela raíz, pus mãos à obra no combate aos ditos cujos. Para isso é necessário:

1. Hidratar bem as pernas todos os dias (antes era só de vez em quando, quando me lembrava) com um bom creme hidratante ou com óleo Johnson's Baby (eu uso este último) - como tenho a pele muito seca, mantenho-a mais suave e assim facilito o crescimento dos pêlos, que deste modo já não vão crescer por baixo da pele.

2. Exfoliar ao de leve a pele das pernas, também todos os dias com uma esponja de crina, para ajudar a desencravar os que não conseguiram crescer como deve ser.

3. Usar um exfoliante mais forte nas pernas duas ou três vezes por semana (ou quando se lembrarem) para complementar o trabalho da esponja de crina.


E vocês, também costumam ter este tipo de problemas? Alguma sugestão extra que tenham e que tenha funcionado bem convosco? Todas as sugestões são bem vindas!


Posts relacionados

0 comentários